Com a alta dos custos do mercado imobiliário, construção financiada é opção 40% mais barata que a compra de um imóvel novo

Foto: Freepik

Os custos da construção civil sofreram uma série de aumentos por conta da pandemia da COVID-19. Diversos insumos, como tijolos, cabos, fios e telhas, além de estruturas metálicas já acumulam altas que batem mais de 90% nos últimos 12 meses.

Para ajudar quem deseja construir sua própria residência, uma cearense tem se destacado com a chamada construção financiada. A modalidade chega a ser 40% mais barata que a compra de um imóvel novo.

“As matérias-primas estão bem acima do valor do mercado. Some a isso o frete elevado e a escassez de materiais. Não há previsão no horizonte próximo de que os custos deverão baixar”, alerta o diretor da construtora Hygor Guerreiro.

Nesse sentido, a empresa cearense extingue a burocracia relacionada à construção. Em vez de o cliente buscar engenheiro, arquiteto e pesquisar materiais, a construtora faz todo o serviço.

“Acaba economizando tempo e dinheiro quando se trata do orçamento para construção. Nosso trabalho é não dar trabalho para o cliente”, complementa João Fernandes, sócio da construtora.

Kátia Alves
Kátia Alves
Jornalista formada pela UniFanor, atua desde 2006 na área da comunicação. Também tem formação em Letras pela UECE e MBA em Gerência de Marketing pela Unichristus. Tem experiência em produção de telejornal e assessoria de comunicação. É revisora e redatora em uma agência de marketing e redatora do MÍDIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS
error: Conteúdo protegido por Direitos Autorais.