Milhares de brasileiros tomaram vacina vencida contra Covid; Sesa nega ocorrência no Ceará

© Agência Brasil

Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país, o que compromete a proteção contra a Covid-19. A informação foi divulga pelo jornal Folha de São Paulo, nesta sexta-feira (2).

Segundo a matéria, até o dia 19 de junho, os imunizantes com o prazo de validade expirado tinham sido usados em 1.532 municípios brasileiros. Na lista de postos, onde as vacinas vencidas teriam sido aplicadas, aparece pelo menos 7 pontos de vacinação cearense. Em Fortaleza, os imunizantes pertenceriam aos lotes 4120Z005 e CTMAV501, com datas respectivas de vencimento em 14 de abril e em 30 de abril e foram aplicados em sete postos de saúde.

Em comunicado oficial, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informa que não distribuiu vacinas fora da validade. A pasta recebeu dois lotes de imunizantes contra a Covid-19 que estão citados na matéria da Folha de S. Paulo desta sexta-feira (2). Desde que recebeu as primeiras doses, no dia 18 de janeiro de 2021, o Ceará tem distribuído os imunizantes a todos os 184 municípios com logística desenvolvida pelo Estado por meio de aviões, helicópteros e caminhões.

Ainda de acordo com a Sesa, o Ministério da Saúde (MS) informou que houve um erro na embalagem das doses da Vacina SARS-CoV2 – Laboratório AstraZeneca (Lote: CTMAV505). Apesar de as doses terem vindo direto do laboratório produtor (AstraZeneca), nas embalagens primária e secundária consta vencimento em 31/05/2021. No entanto, nas notas de fornecimentos do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), do MS, o prazo de validade está 31/5/2022. A informação da Rede de Frio Nacional é de que a validade correta é 31/05/2022.

Kátia Alves
Kátia Alves
Jornalista formada pela UniFanor, atua desde 2006 na área da comunicação. Também tem formação em Letras pela UECE e MBA em Gerência de Marketing pela Unichristus. Tem experiência em produção de telejornal e assessoria de comunicação. É revisora e redatora em uma agência de marketing e redatora do MÍDIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS
error: Conteúdo protegido por Direitos Autorais.